quarta-feira, 24 de setembro de 2008

A porta de minha casa


Esta porta sem perspectiva
acompanha a minha vida.

Tantas vezes, num movimento, fechei-a
fugindo do lobo homem e de espiritos.

Por ela passo eu, os meus queridos
passaram amores, passam amigos.

E enquanto tento abri-la, eu penso
no que farei quando atravessa-la.
Valerá tudo que fiz? Sentirei-me feliz?
Quando voltar, passar por ela e entrar na sala?

Atravesso por ti, para o lado de fora
sinto o cheiro de ar, a luz e as cores
são muito alegres, volto para dentro
não respondem às minha tristeza e dores.

Por enquanto, compartilha do meu tédio
aumenta minha proteção, grande porta
grande barreira para o universo.

10 comentários:

Ivan Junior disse...

wow!
Que coisa...

Me fez lembrar um uma musica
All that I am living for By Evanescence

Se tiver oportunidade leia a letra.

Ta convidada para visitar meu blog tbm! Bjus

Alice Salles disse...

Voce realmente e muito talentosa, nao pare nunca!!! Pode me linkar sim, vou te linkar tb.
Um beijo!

Leonardo disse...

Muito bom o texto....

Abraços!

LI-VERISSIMO disse...

PERFEITO!
Parabéns, seu blog é lindo, os textos estão excelentes.
"A Porta de Minha Casa" me fez pensar no momento em que estou atravessando...

Bjs!

carla m. disse...

A gente não sabe viver sem esses marcos não é?! Mas é tão difícil colocar eles no lugar certo...

abraço

Chris disse...

Gostei muito do seu texto. Gosto muito de ler pessoas talentosas como vc.

bjs!

Karina disse...

Obrigada! Pode linkar, ficarei feliz! Vou te linkar também.
Gostei do título do blog!
E os desenhos são seus?
Ah, e se vc quiser, eu conto se é verdade ou não.

bjs!

Karina disse...

Me passa seu e-mail, porque não estou conseguindo enviar nada pelo orkut. Sempre falha.

bjs

Alien disse...

oba blog bom de poesias parabens

Victor Motta disse...

muito show eessa pintura..
demais esse efeito de luz e sombra
vc realmente eh demais Thais...rsrs
grande bjo!